Diário de Um Jardim

<<-@ ... As divagações filosóficas de uma rosa e seus amigos ... @->>

terça-feira, fevereiro 22, 2005

À procura

Passei o dia me procurando e, quando me vi, me perdi. Quase me esqueci. E quando desisti da procura, me notei.

1 Comentários:

Blogger Rosa disse...

Compreendo como é perder-se em si mesmo. É sempre difícil identificar a parte de nós onde enfim nos escondemos, ou ficamos presos, cativos.
De mim, posso dizer: por vezes meu esconderijo são meus sonhos, por vezes são as ciladas do medo que me prendem. Mas sonhos e medos devem pertencer a mim, e não eu a eles.
Por isso sei bem o que sente, Abelha:a ansiedade de saber ser nos impede de ver quem somos. Contudo, nunca impede que os outros nos vejam e nos achem.

1:19 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial